sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Capitulo 15

Joe, traga a menina, vamos levar ela pra outra cidade, ja esta na hora. Estamos te esperando no carro, se apresse!

Fui andando ate a Demi, toda a minha felicidade estava se transformando em pesadelo, o dia menos esperado havia chegado '-'
Demi, eu me sentei ao seu lado, lembra do que eu disse sobre o que acontece com as garotas que são trazidas pra ca? Lembra do cara que as leva pra outra cidade?
ela me imterrompeu dizendo: eles vão me levar daqui nao é Joe.
Demi, eu vou dar um jeito, eu so preciso de um tem... Ouvimos o som da buzina
ANDA JOOE SEU RETARDADO!
Peguei a Demi com cuidado pelo braço, e a levei ate o carro, assim que nós entramos percebi que a viagem nao seria uma das melhores.
Porra Joe, o chefe James disse em alto e bom som, nunca pensei que voce acharia uma gostosa dessas, olha as pernas dessa garota, da ate dó colocar ela em um mundo desses sem antes tirar uma casquinha, acho que vamos parar em algum motel na beira da estrada, pra eu me divertir um pouquinho hahaha. ele puxou o rosto da minha Demi que estava no meio do banco de tras e a beeijou, aquilo me levou a loucura, eu queria matar esse desgraçado. Não podia fazer nada pra ele nao pensar que eu estava apaixonado por ela. Mesmo assim não aguentei e puxei a Demi pela cintura, a fazendo encostar as costas no banco de tras.
É mesmo James, nós vamos ter que aproveitar um pouquinho ne, eu disse bem nervoso.
Ela me olhou com um olhar triste que me deu pena, susurrei no seu ouvido: eu vou te tirar dessa minha princesa, passei a lingua e mordi a pontinha da orelha dela, ela sorriu excitada, nao precisa me deixar excitada Joe, ela disse baixinho com os labios encostados no meu.

A viagem foi toda assim, ele jogava cantadas podres pra Demi, ela nao falava absolutamente nada, e eu ficava pensando em algum plano, pra tira-la dessa furada, fugir com ela, e finalmente ter uma vida!
Ela estava tensa, quem não estaria afinal? A familia toda dela, deve estar morta de preocupação, seus amigos, todo mundo! Balencei a cabeça, pra me livrar desses pensamentos.
A olhei, e ela estava dormindo, ou tentando dormir.. ela estava tão linda, ela era linda de qualquer forma, passei meu braço pela sua cintura, a apertando contra mim, ela acordou, e me encarou com um leve sorriso, eu estava cada vez mais apaixonado por ela.
Susurrei no seu ouvido: que tal brincarmos um pouquinho pra passar o tempo? Beijei sua orelha de leve, ela se arrepiou, e eu sorri.
Tirei minha blusa de frio, e coloquei no colo dela, aquela era a hora ideal, ja que James estava distraido ouvindo musica com fone de ouvido (pedindo pra sofrer um acidente de carro e nos matar, mas enfim.. ele foge das regras de transito).
Colei meu corpo no dela, segurei sua nuca, e comecei a beeijar seu pescoço com vontade, mordendo e chupando, sem pressa. Minha mao se encaminhava pra baixo da minha blusa de frio, subi um pouco sua blusa, e fiquei por um tempo arranhando sua barriga, coloquei uma das minhas pernas no meio das dela, e fiquei roçando meu corpo no dela. Desci um pouco mais a mão ate seu short, e enfiei minha mao por dentro da sua roupa, massageando sua intimidade bem devagar, explorando toda a area.

Ela alisava meu cabelo, com dificuldade por estar numa posição nao muito boa.. se contorcia com o prazer que estava sentindo. Ela foi mais rapida que eu, abriu minha calça, e enfioou sua mao por dentro da minha cueca, ela massageava, apertava, meu JJ criou vida na sua mao na mesma hora.
Estavamos nos excitando ali, mas de repente, nao vi mais nada, ficou tudo escuro...

gente, eu sei que ta pequeno, e ruim, mas é que eu cheguei de viagem agora, desculpa pela demora, vou melhorar no proximo, prometo \õ/
10 coment's posto o proximo!
Obrigada pelos novos seguidores e pelos comentarios. amo voces s2

11 comentários: